iCloud Drive foi renovado completamente. Mas pode concorrer com Dropbox e Google Drive?

O iCloud Drive foi melhorado. E, finalmente, veio com um sistema de arquivos que permite navegar em pastas e arquivos. Mas isso é suficiente para torná-lo um concorrente de peso do Dropbox e Google Drive?

Antes, o iCloud era um lugar quase que inteiramente virtual, um espaço que estava num servidor em algum lugar no mundo. Cada um de nós sabia que lá dentro havia backups do seu telefone ou computador, uma cópia de sua agenda, os arquivos criados com alguns aplicativos e muito mais. Mas tudo isso era invisível.

Em outras palavras, não havia como navegar neste espaço (faltava, é claro, um sistema de arquivos), ver o que ele continha ou como o conteúdo era armazenado.

Agora, o iCloud é organizado com uma estrutura hierárquica clássica de arquivos e pastas, igual a outros serviços similares. Vejamos se o iCloud Drive está pronto para substituir, no mundo Apple, seus dois concorrentes mais fortes: DropboxGoogle Drive.

iCloud Drive: onde e como usar

Você pode usar o iCloud Drive com o iOS 8, o OS X Yosemite e até mesmo no seu PC, com Windows 7 ou superior.

No iOS 8, você pode acessar as pastas do iCloud Drive usando apps de gerenciamento de documentos de terceiros, como o Documents Free (Mobile Office Suite). Os aplicativos que são compatíveis com o iCloud, como o Pages, Numbers e Keynote, ou o GoodReader, têm suas próprias pastas para guardar os arquivos salvos por eles automaticamente.

Document Picker muda navegação no iCloud DriveInterface do Documents Free (Mobile Office Suite)

Para navegar no iCloud a partir do OS X, no entanto, você precisa apenas abrir uma pasta no Finder e escolher iCloud Drive na coluna da esquerda.

iCloud Drive no Mac OS X

No PC, há duas maneiras de acessar o iCloud: com o iCloud Control Panel ou por meio do navegador. Neste caso, é importante ter o Safari 6 ou posterior, o Firefox 22 ou posterior, ou o Chrome 28 ou posterior, acessar www.icloud.com em, depois de usar seus dados de login, clicar no ícone do iCloud Drive.

iCloud Drive no navegadorAssim é o iCloud Drive no navegador

Obviamente, você pode adicionar pastas como qualquer disco ou pasta local e arrastar os documentos para acessar depois do Mac, PC, iPhone, iPad e iPod Touch. Desta forma, você sempre terá nas mãos a versão mais recente de cada arquivo, e terá também tudo à sua disposição onde estiver.

iCloud Drive - Document Picker

Escolha o aplicativo para abrir cada arquivo

Uma notícia igualmente interessante é que agora você pode escolher o aplicativo para abrir cada tipo de documento. Antes, cada arquivo só abria com o aplicativo no qual havia sido criado, e era invisível para todos os outros, o que era muito limitador.

A única exceção era usar o menu Abrir com…, mas no iOS 7 nem todos os aplicativos eram suportados pelo recurso, e as alterações feitas em um aplicativo não refletiam em outro. Agora isso é possível.

Recurso de Abrir com... do iOS 7O menu Abrir com… no iOS 7

Em outras palavras, antes cada aplicativo tinha seu próprio “recipiente” para os arquivos criados, e este recipiente era privado. No iOS 8, ​​o sistema continua, mas os recipientes são visíveis para outros aplicativos.

Esta forma de trabalhar é muito mais próxima da utilizada nos computadores clássicos, e expande o potencial do iOS sem afetar a abordagem instintiva dos dispositivos táteis.

Dropbox e Google Drive já estavam usando essa abordagem. Em particular, o serviço do Big G ​​sempre permitiu abrir e editar arquivos de texto, planilhas e apresentações, mesmo nos formatos padrão do Microsoft Office. E graças ao recurso Abrir com… permite abrir qualquer arquivo que esteja na nuvem, inclusive no Dropbox.

Assim, o iCloud Drive da Apple está alinhado com um padrão já estabelecido, sem acrescentar nenhuma novidade. Além disso, ao contrário do Dropbox e do Google Drive, não é um serviço multiplataforma, uma falha que tem a finalidade de forçar os usuários a utilizar apenas ferramentas do ecossistema da Apple e mantê-los fieis à empresa, porque a migração de dados para outro ambiente não é fácil.

Um método bastante “agressivo”, que garante aos appleistas mais puros uma experiência muito completa e gratificante, mas que deixa também os dispositivos da Apple impermeáveis ​​para o mundo exterior.

Então, é melhor o iCloud, o Dropbox ou o Google Drive?

Para nós, usuários, os fatores que importam quando temos que escolher um serviço de clouding são o espaço de armazenamento disponível, a facilidade de acesso e utilização, e as opções de compartilhamento.

Neste ponto de vista, o Google Drive é provavelmente o astro da categoria, porque oferece opções para todas as necessidades. Você pode acessar um arquivo ou pasta de pessoas convidadas ou compartilhar o arquivo com quem quiser.

Google Drive - Opções de compartilhamento

O Dropbox oferece apenas esta última opção. Com o botão Copiar link (Copy Link), você tem o link público para compartilhar o arquivo com quem quiser.

Dropbox oferece apenas a opção de compartilhar

O iCloud Drive, ao contrário, não compartilha arquivos. Por outro lado, está integrado ao ecossistema da Apple, o que significa um alto grau de automação dos serviços, tais como backup do Mac, do iPhone e do iPad, e um fluxo de trabalho fluído quando se trata de sincronizar e editar arquivos. Porém, para o compartilhamento deve ir para outro lugar.

O Dropbox e o Google Drive também funcionam bem, mas, obviamente, a integração com o iOS não está no mesmo nível, exceto para o carregamento automático das fotos tiradas com o smartphone, que oferecem ambos os serviços.

Quanto à quantidade de espaço oferecido, o iCloud oferece 5 GB para cada usuário, com possibilidade de estender até 1 TB (opção paga). Nesse espaço, as músicas carregadas no serviço iTunes Match não estão incluídas.

O Dropbox começa com 2 GB de espaço gratuito, mas se você convidar amigos para usar o serviço, abrir uma conta Mailbox e permitir o upload de fotos, o espaço pode chegar a 22 GB.

Espaço de armazenamento no DropBox

O Google Drive oferece 15 GB, que compartilha com todos os serviços do Google que armazenam dados na rede (por exemplo, o Gmail). Por outro lado, temos de considerar que as fotos com resolução inferior a 2048×2048, vídeos de menos de 15 minutos e a música do Google Music não são incluídos na contagem, então o espaço de armazenamento para fotos, filmes e músicas é praticamente infinito.

Resumindo, o iCloud ainda está atrás da concorrência. Poderia ter aproveitado as mudanças positivas que o novo serviço oferece para aumentar o espaço grátis, mas isso não aconteceu.

Veredito final: iCloud melhor, mas não é o melhor

Do ponto de vista dos usuários, que têm exigências práticas e problemas concretos, o novo iCloud Drive é um serviço melhor do que o anterior, mas ainda não está pronto para ser o número um.

Na verdade, apesar da integração perfeita com o ecossistema da Apple – e agora permitir uma organização hierárquica navegável como os outros -, oferece pouco espaço e, acima de tudo, não está em outras plataformas móveis.

A ideia, por exemplo, de não poder trocar o iOS pelo Android sem enfrentar todos os tipos de obstáculos, irrita muitos usuários. E com razão! Levar todos os seus “bens digitais” de uma sistema para outro (backup, contatos, calendários e tudo mais) deveria ser uma ação óbvia e simples para muitas pessoas hoje em dia.

Um serviço que pode ser transportado facilmente de um sistema operacional para outro é preferível àquele que força o usuário a vender sua alma para sempre.

Mas o iCloud Drive é apenas uma das mudanças apresentadas com o iOS 8. Há novidades do iOS 8 que são realmente úteis para nós e outras que são apenas para a Apple.

Veja também as instruções de como instalar o iOS 8 no seu iPhone ou iPad.

[Artigo original em italiano]

Artigo publicado originalmente em 02/10/2014 e atualizado em 22/10/2014.

Leia também

Carregando comentários

Últimos artigos

Apps mais baixados

Ver todos os Top apps