É seguro instalar outro sistema operacional no Windows?

O término do suporte ao Windows XP deixou muita gente insegura. “Qual sistema operacional instalar?”, “Como salvar meus arquivos?”, “Vou ser infectado por milhares de vírus?”, são algumas perguntas normais sobre este assunto. Hoje, nós iremos tirar uma  outra dúvida inquietante: instalar outro sistema operacional prejudica o PC?

Quando você instala um sistema operacional moderno, este procura outros sistemas instalados no disco rígido. Caso sejam detectados, oferece a possibilidade dos sistemas operacionais coexistirem no mesmo espaço para que você possa usar um ou outro indistintamente. Veja como o Ubuntu faz na imagem abaixo.

Ubuntu analisa o espaço necessário para os dois sistemas operacionais

Ubuntu Linux oferece a opção de compartilhar o disco com o Windows e outros sistemas

Este prodígio pode ser conseguido por meio de partições, que são uma parte do HD. Cada partição pode ter um sistema distinto. Como o disco rígido sabe onde está cada sistema? Graças a um pequeno arquivo chamado tabela de partições, que é uma espécie de “registro” no qual são anotados a quem pertence cada parte.

Cada sistema operacional é instalado numa parte do HD

Exemplo de HD com três sistemas operacionais em três partições

Por último, aparece o gerenciador de inicialização. Quando você liga um PC com vários sistemas operacionais, esse gerenciador é aberto antes de qualquer outro programa e pergunta com qual sistema operacional você deseja trabalhar. Um dos gerenciadores de inicialização mais famosos é o Grub, mas há muitos outros.

O que não funciona quando há vários sistemas em um HD?

A coexistência de diferentes sistemas operacionais em um mesmo disco rígido é segura, já que cada um deles só atua na partição em que foi instalado. Além disso, tanto o Windows como outros sistemas são capazes de explorar sem “tocar” o que há em outras partições, o que é muito útil para resolver problemas ou recuperar dados.

Por outro lado, você deve ter muito cuidado ao escrever dados em uma partição que pertence a outro sistema operacional, pois cada um usa um “idioma” diferente na hora de salvar informações (os chamados sistemas de arquivos). Por si só, no entanto, bons sistemas operacionais não costumam conversar entre si nem causar interferências nos companheiros.

Não está seguro? Use máquinas virtuais

Graças ao aumento da potência dos PCs, uma alternativa cada vez mais interessante às partições é o uso de máquinas virtuais: simulações de computadores executadas dentro do PC real através de pogramas como VirtualBox ou VMWare. Elas não exigem a divisão do HD nem a instalação de um gerenciador de inicialização.

As máquinas virtuais emulam sistemas com perfeição

Em uma máquina virtual, você pode executar até o Android

Por outro lado, as máquinas virtuais têm várias desvantagens: dependem do sistema operacional hóspede, seu rendimento é menor que o de uma máquina real e têm dificuldades para executar alguns tipos de aplicativos, como jogos ou programas multimídia.

A decisão sobre se convém instalar um sistema operacional numa partição separada ou em uma máquina virtual depende do que você queira fazer com ele. Se deseja obter o melhor rendimento, crie partições no disco; se não quiser se arriscar, primeiro experimente uma máquina virtual.

E aí, vai instalar outro sistema operacional no HD?

[Artigo original em espanhol]

Leia também:

Carregando comentários