Como proteger o Windows com o EMET, o guardião dos programas

Como proteger o Windows com o EMET, o guardião dos programas

Existe um utilitário gratuito da Microsoft que monitora os programas para que nenhum vírus existente ou futuro possa infectar seu PC. Nós vamos ensinar como instalar e usar essa ferramenta.

O Microsoft EMET impede os vírus de explorarem falhas que permitem assumir o controle do computador. Para conseguir essa façanha, o EMET bloqueia ou desvia o tipo de ações normalmente usadas pelos malwares em ​​navegadores e outros programas.

A instalação do EMET é rápida e protege o Windows desde o primeiro minuto contra as vulnerabilidades desconhecidas do Internet Explorer, Office e outros programas. Embora seja uma ferramenta altamente técnica e poderosa, não é difícil usá-la. Vejamos como instalar e configurar o EMET no Windows.

1. Instale o .NET Framework 4.0

Para funcionar adequadamente, o EMET requer o .NET Framework 4.0. Instale-o antes do EMET. Caso contrário, você não poderá prosseguir com a instalação do utilitário da Microsoft. O assistente de instalação requer pouca atenção.
Tela de instalação do Microsoft.NET Framework 4

2. Instale o EMET 4.1 com a configuração recomendada

Depois de instalar o .NET Framework 4.0, baixe o EMET e inicie a instalação. O passo mais importante é escolher as configurações recomendadas.

A melhor maneira para instalar o EMET é seguir a configuração recomendável

Esta configuração faz com que o EMET proteja os programas mais vulneráveis, tais como o Internet Explorer, Microsoft Office, Acrobat Reader e Java automaticamente.

3. Verifique se o EMET está funcionando

Uma vez instalado, abra a janela do programa. Você verá alguns botões e uma lista de processos quase incompreensíveis para um usuário normal, como na imagem abaixo:

Tela principal do EMET mostra processos em execução

Abra o Internet Explorer e, depois, volte à janela do EMET. Busque o iexplore na lista de processos em execução.

Processos em proteção com a segurança do EMET

O ícone verde indica que o programa está protegido pelo EMET. Por ser um programa compatível e reconhecido por padrão, você não deve notar nenhuma diferença no uso.

4. Adicione outros aplicativos no EMET [Opcional]

Se quiser proteger outros programas com o EMET, você pode adicioná-los por meio do menu Apps.

Primeiro, clique no botão Apps.

Botão para adicionar aplicativos ao sistema de proteção

Na janela que se abre, clique no botão Add Application para adicionar um novo aplicativo.

Tela de adição dos programas

Procure o executável do programa no HD e selecione-o. Neste caso, usamos o Chrome.

Após abrir uma janela, procure o executável do programa

Por padrão, cada novo aplicativo é adicionado com todas as proteções possíveis.

Se você perceber que o aplicativo não funciona mais, desmarque as caixas uma a uma ou desative todas as proteções com um clique direito sobre o processo.

A proteção pode ser desabilitada

Você pode acessar o EMET a qualquer momento na barra de tarefa do Windows.

O EMET protege o Windows melhor que um antivírus

Bem utilizado e configurado, o EMET pode proteger o Windows e, especialmente, o Windows XP, contra problemas que a maioria dos antivírus tradicionalmente não conseguem proteger, como o vírus da polícia (Reveton) ou o vírus sequestrador Cryptolocker. Se você ainda estiver usando o Windows XP, instale-o imediatamente.

Duas alternativas ao EMET: Sandboxie e o modo sandbox do Avast. Ambos casos, tratam-se de ambientes em que você pode executar aplicativos suspeitos ou perigosos sem que nada afete o sistema. O mais importante disso tudo é o que o EMET tem a vantagem de ser totalmente integrado com o Windows.

Quais programas você vai  proteger com o EMET?

[Artigo original em espanhol]

Ver todos os comentários
Carregando comentários