Android, iOS ou Windows Phone: qual é o smartphone mais personalizável?

Adaptar o sistema operacional para seus próprios gostos é um aspecto fundamental na escolha de um smartphone. Vamos ver qual é o melhor sistema operacional desse ponto de vista entre Android, iOS e Windows Phone.

Há aqueles que compram um smartphone apenas para ligar e enviar mensagens, ou no máximo para conversar com o WhatsApp. Em algumas ocasiões muito raras irão usar o navegador para procurar algo específico na internet. Na verdade, eu conheço pessoas que nem sequer têm uma conexão de dados em seu telefone.

Depois, há aqueles que instalam aplicativos, os testam e experimentam nos seus telefones celulares, se não sabem como fazê-lo se esforçam para aprender, para poder tirar o máximo proveito de seu telefone. E também porque, vamos dizer a verdade, os smartphones são muito úteis.

Se você pertence a esta segunda categoria, com certeza vai querer mudar a aparência do seu smartphone ao seu gosto, alterando a tela inicial, aquela do bloqueio, sons, ícones, papeis de parede e assim por diante.

Analisamos os três principais sistemas operacionais – Android, iOS e Windows Phone – para ver qual deles oferece mais possibilidades de personalização da estética, do ponto de vista das opções e também dos apps disponíveis, sem levar em consideração as operações complexas como o root ou jailbreak.

Tela inicial

A tela principal do seu celular é aquela onde você passa cada vez que fecha um aplicativo ou quando desbloqueia a tela. É a mais importante do seu smartphone, e também aquela na qual você deveria ter colocado os apps que mais usa e precisa.

No iOS, a capacidade de personalizar a tela inicial é muito limitada. Aqui você pode reorganizar os ícones, movê-los de uma página para a tela inicial, e organizar os aplicativos em pastas. Os quatro aplicativos que estão na parte inferior de cada página são editáveis​​, assim como o papel de parede (onde você também pode colocar uma imagem), mas a personalização termina aqui.

O Windows Phone permite “brincar” um pouco mais com a interface do sistema operacional. Na tela Inicial, os blocos clássicos da Microsoft são editáveis ​​por ordem, tamanho e, em alguns casos, cor.

Os blocos podem ser adicionados e removidos, e você também pode criar blocos especiais com links para sites específicos ou uma página de pesquisa de um app. O Windows Phone inclui opções limitadas para mudar a tela Inicial, tais como a capacidade de mudar o papel de parede e ajustar a cor predominante para as telhas.

As opções básicas para alterar a tela inicial do Android são também muito poucas. Entre elas há a possibilidade de mudar o papel de parede, adicionar e remover links para os apps, coletá-los em pastas e substituir os quatro que estão na parte inferior com outros.

Interface personalizada do Android

O Android, no entanto, tem um ás na manga: os inicializadores. O sistema operacional do Google permite a esses aplicativos alterar o aspecto do sistema operacional e, especialmente, sua tela inicial. Não só isso! Muitas vezes, o lançador (como o launcher é chamado algumas vezes) vai trazer as ferramentas para definir os parâmetros estéticos da tela, para que você possa melhorá-la ao seu gosto. Reunimos os melhores inicializadores para Android em um artigo para que você possa experimentá-los.

Depois de instalar um launcher, você pode alterar também os ícones do sistema, tais como os de Mapas e Chrome, mas também do Facebook, WhatsApp e outros. Para fazer isso deve apenas baixar um pacote de ícones.

O vencedor

O vencedor é claramente o Android, que oferece a maior possibilidade de mudar a tela inicial, em grande parte graças aos inúmeros aplicativos desenvolvidos para essa finalidade e que permitem modificar os parâmetros.

Tela de bloqueio

Sobre a tela de bloqueio, aquela que se encontra antes da tela inicial, a situação é muito semelhante com quanto dito anteriormente.

Nas opções de iOS você pode mudar o fundo (também com algum aplicativo de terceiros) e a modalidade para desbloquear o telefone, com um código ou com o Touch ID (ou seja, a sua impressão digital). O sistema operacional da Apple também permite que você altere as notificações que aparecem na tela de bloqueio diretamente das configurações.

Inicializador personalizado com nova estrutura

O Windows Phone tem apenas um sistema de bloqueio para a tela com a senha numérica. Entre as configurações, você pode escolher o fundo da tela, quais apps exibir e um em particular do qual você pode obter mais informações em um piscar de olhos. Você pode também escolher se deseja visualizar o artista quando o telefone está tocando música.

O Android tem menos configurações básicas para mudar a tela de bloqueio: você pode optar pelo sistema de pin numérico ou um padrão para bloquear o smartphone e mudar o fundo.

O segredo, como sempre, está nos aplicativos que fazem o trabalho para você e alteram a tela. Alguns, como o LokLok, operam diretamente da tela de bloqueio. Outras, como o Start, acessam todos os aplicativos que você precisa antes de entrar na Home de seu telefone.

O vencedor

Embora o Android não ofereça muitas configurações para alterar a tela de bloqueio, outros aplicativos fazem o trabalho sujo. E, graças aos muitos desenvolvedores, o sistema operacional do Google é o vencedor.

Sons e Toques

Deste ponto de vista, os três sistemas operativos estão mais ou menos no mesmo nível. Android, iOS e Windows Phone conseguem alterar os sons padrão do sistema operacional (graças a aplicativos) e definir uma música como toque de celular. Vendo a questão de outra perspectiva: qual sistema operacional define uma música como toque mais fácil?

Toques de chamada podem ser editados nos três celulares

No iOS, você tem que ir para o iTunes, o que nem sempre é um prazer. Além disso, a música deve ter sido previamente recortada para 30 segundos, no máximo, e a extensão do arquivo modificado. O processo no iPhone é longo e chato desde que você não decida comprar o toque diretamente do iTunes.

O Android também não torna as coisas muito fáceis, embora o processo seja mais simples que no iOS. Aqui, você tem que conectar o telefone ao PC (ou usar o Airdroid) e mover o arquivo para a pasta Ringtones.

O vencedor

O vencedor é o Windows Phone, que funciona como o Android. Aqui, você também precisa conectar o smartphone ao computador e mover a música para a pasta, mas existe um tutorial integrado no sistema operacional, acessível na pasta toques + sons (ringtones + sounds), que explica como proceder.

Teclados

Um dos aspectos de personalização que mais afetam o uso diário do telefone é o teclado digital. Você não só muda o jeito de usar o smartphone, mas altera a digitação.

O Windows Phone é o mais limitado neste ponto de vista. O teclado padrão possibilita escrever do jeito normal ou passando o dedo, e fazer download de idiomas adicionais, mas as opções praticamente terminam aqui. Além disso, você pode baixar outros teclados.

Android possui dezenas de teclados virtuais diferentes

No iOS 8, teclados de terceiros podem ser instalados: uma novidade tão esperada pelos usuários da Apple. Existem já muitos teclados disponíveis para o sistema operacional.

O vencedor

O vencedor neste campo também é o Android, que tem a maior oferta de teclados. Embora os mais populares deste SO já estejam disponíveis (ou em desenvolvimento) para o iPhone, a maioria deles são apenas para Android, como o Glympse keyboard.

Um smartphone à sua imagem e… ritmo!

Se por fora os celulares parecem iguais, dentro deles é onde podemos notar as diferenças. E se você está procurando um smartphone para personalizar com cores, formas e sons, agora sabe qual sistema operacional escolher: o Android. O sistema do Google permite mudar a aparência mais que qualquer outro.

Como mostramos na tabela, o Android foi o vencedor por ter ofuscado os outros sistemas operacionais em três dos quatro aspectos. Em segundo lugar aparece o Windows Phone e o iOS por último:

Tabela de pontuação final

Mas a capacidade de personalização não é a única coisa que afeta a escolha de um smartphone.

O melhor sistema operacional para jogar videogame pode ser outra razão de escolha.

[Artigo original em italiano]

Carregando comentários

Últimos artigos