Plants vs Zombies Garden Warfare: Começa a guerra!

A famosa luta entre plantas e morto-vivos passaram à ação multiplayer, no verdadeiro estilo Battlefield e Call of Duty. Escolha o seu lado que a guerra já está começando!

A mecânica de Plants vs. Zombies você já conhece: derrote o ataque com zumbis com plantas assassinas. Nós adoramos este jogo, mas sempre quisemos jogar no outro lado, o dos mortos-vivos.

Isso é possível no Garden Warfare, uma versão muito distinta de Plants vs Zombies. O título acaba com os quebra-cabeças inocentes para chegar ao epicentro de um combate armado entre as plantas e os zumbis. E, pela primeira vez na série, o jogo é ação em terceira pessoa.

Um jogo de tiro como qualquer outro

Desenvolvido como um jogo multiplayer online, Plants vs. Zombies: Garden Warfare é um jogo de tiro centrado em partidas de 12 contra 12 ou de vários usuários contra o computador. Os dois lados podem circular nos ambientes urbanos conhecidos dos jogos originais da série, exceto que agora estão em 3D e totalmente exploráveis. Não espere realismo. Espere uma excelente reprodução do que a PopCap Games criou em seus primeiros Plants vs Zombies…

Dois lados, oito opções

Cada lado tem soldados de 4 classes diferentes. Cada uma com características únicas, tanto físicas como de poderes e armas.

Tipos de zumbis

Existem quatro tipos de zumbis:

Soldado – Aquele que está sempre na linha de fogo. Equipado com duas armas: uma pistola e um lançador de granadas. Ele também pode fugir a qualquer momento com a mochila foguete.

Engenheiro – É o especialista em criação de máquinas que vão beneficiar à todos do grupo. Ele também usa armas de fogo e bomba de efeito moral.

Científico – O único da equipe que pode curar seus companheiros. Isso não quer dizer que não tenha força para combate. O cientista tem pistola, bomba pegajosa e capacidade de se teletransportar.

All-Star – O gigante do grupo usa metralhadora pesada e possui a capacidade de efetuar ataques corpo a corpo. No entanto, ele é muito lento e, em certas situações, torna sua defesa muito fraca.

Tipos de plantas

As plantas não andam para trás e têm também quatro categorias. De certa forma, essas classes são mais peculiares e possuem formas de lutar um tanto quanto inusitada.

Lança-ervilhas – O equivalente ao soldado é o mais ofensivo dos membros de equipe e tem armas curiosas, como uma pistola de ervilhas e a capacidade de criar raízes para gerar rajadas de tiros.

Cacto – O mais parecido com o engenheiro. Sua maior habilidade é jogar farpas, por isso ele é fundamental para  ataques à longa distância. Ele também pode espalhar minas por todo cenário e construir trincheiras.

Girassol – O “cientista” das plantas. O girassol consegue curar seus aliados com dois métodos: com a margarida e o sol. Além disso, os raios solares podem ser usados como arma letal.

Planta carnívora –Especialista em arrasar os inimigos com mordidas. Tem como grande habilidade a capacidade de se movimentar subterraneamente. Isso permite atacar por trás e engolir os inimigos de surpresa. É o tipo mais ofensivo, como o All-Star dos zumbis.

A personalização vai além das classes

Você pode personalizar mais coisas no seu jogo que as classes. Todos os personagens dispõe de uma grande variedade de roupas e acessórios, assim como temas especiais para as armas usadas. Alguns causarão apenas mudanças na aparência, enquanto outros mudarão detalhes da jogabilidade.

Influências renomadas

Embora Garden Warfare relembre o campeão de vendas Modern Warfare, o fato é que o novo PvsZ tem uma influência direta: a saga Battlefield. Normal, já que o desenvolvedor PopCap pertence à Electronic Arts.

Ambos jogos até compartilham certas modalidades. O modo chamado “Garden and Graveyards” (Jardins e Cemitérios) é inspirado em dois famosos modos do Battlefield, Rush e Conquista.

Projetado para suportar até 24 jogadores, em “Gardens and Graveyards”, os zumbis precisam ganhar o território das plantas para transformar os jardins em cemitérios. Daí o nome do jogo ser esse.

Outra modalidade comum em Battlefield e outros jogos é o Team Deathmatch, que aparece neste jogo como “Team Vanquish“, um multiplayer competitivo. O primeiro grupo que matar 50 rivais ganha a partida.

Outro influência perceptível é o Gears of War. A saga e o Garden Warfare não só compartilham a visão em terceira pessoa, mas também o modo Horda: combates contra ondas de inimigos, cada vez mais complicados e movimentados. Quanto mais longe você chegar, maior a recompensa, que deve ser dividida com seus amigos.

Ação direta, mas com elementos de estratégia

O Plants vs. Zombies: Garden Warfare não é complicado de jogar. A ideia é capturar grande parte de público casual que já gosta dos jogos originais da franquia. Por isso, a jogabilidade foi baseada nos multiplayers rápidos e não há modo campanha, muito comum em jogos de guerra.

O jogo tem detalhes que o tornarão um título desafiador à sua maneira. Por exemplo, é essencial o equilíbrio entre as categorias, pois a munição pode ser infinita, mas é preciso de tempo para recarregar as armas. Além disso, o poder especial não podem ser usados infinitamente. Ele também devem ser recarregados ao longo do tempo.

Não espere a primavera para lutar no jardim

O Plants vs. Zombies: Garden Warfare está à venda para Xbox 360 e Xbox One. Os jogadores do PC terão que esperar mais um pouco para jogar.

Usando um nome bem familiar para os jogadores, Garden Warfare pretende entrar num gênero, tiro em terceiro pessoa, cheio de títulos bons e consolidados, mas do qual talvez falta um game menos sofisticado e indicado para toda a família.

Gostou desta mudança da franquia Plants vs. Zombies?

[Artigo original em espanhol]

Carregando comentários