O que é o Google Play services?

Google Play Services foi criado para reduzir a necessidade de desenvolver o mesmo aplicativo para as dezenas de versões diferentes do Android. Então, o que ele faz exatamente?

Quando as pessoas falam sobre o Android, muitas delas mencionam “fragmentação” na mesma frase. O Android é considerado um sistema operacional fragmentado por causa das diferentes versões disponíveis. Atualmente, existem o Android 2.3 Gingerbread, Android 3.0 Honeycomb, Android 4.0 Ice Cream Sandwich, Android 4.1/4.2/4.3, todos Jelly Bean e o 4.4 KitKat sendo usados.

Logo estilizado do Google Play Services

Falando sobre o Google Play Services, o Google Play diz:

O Google Play Services é usado para atualizar aplicativos do Google e aplicativos do Google Play.

Este componente fornece funcionalidades essenciais, como autenticação para seu serviços do Google, contatos sincronizados, acesso a todas as configurações de privacidade do usuário mais recentes e serviços baseados na localização com qualidade mais alta e menor consumo de recursos.

O Google Play Services também aprimora sua experiência com aplicativos. Acelera pesquisas off-line, fornece mapas mais imersivos e aprimora experiências de jogo.

Os aplicativos podem não funcionar caso você desinstale o Google Play Services.

Essencialmente, o aplicativo vai atualizar seus apps conectados ao Google para melhorar a experiência, independente da versão do Android. O app também pode atualizar as configurações do SO sem requisitar uma atualização completa do sistema.

Recursos usados pelo Google Services

Dados usados pelo Google Services

O jeito das operadoras

Diferente do iOS, que é distribuído exclusivamente pela Apple, o Android é um sistema operacional com o código aberto para ser usado e desenvolvido por muitas companhias. A própria Samsung e outras grandes fabricantes do gênero, por exemplo, usam uma versão modificada.

Quando o Google vai atualizar o Android, ele prepara uma nova versão de lançamento. Primeiro é publicado em aparelhos Google, como o Nexus 4 ou Nexus 7. O arquivo também é enviado para empresas de hardware como a Samsung ou Sony, que usam o sistema e aplicam sua interface personalizada, como o TouchWiz ou Xperia UI. Isso demora muito para terminar e é uma das razões para a experiência com os dispositivos sofrerem tanto atraso para ter a última versão do Android.

Outros atrasos são gerados pela operadora, que testa e adiciona seus próprios aplicativos no pacote, antes de distribuí-los pela rede de telefonia. Alguns dispositivos nunca foram atualizados, forçando o público a comprar um novo celular para conseguir todos os recursos desejados.

Mesmos os dispositivos recém lançados podem não estar com a última versão do Android.

O jeito Google Play Services

Com o app do Google Play Services instalado, o Google consegue distribuir pequenas atualizações sem lançar uma nova versão do sistema. Não quer dizer que o único caminho para atualizar o Android é pelo app, mas significa que as correções e os melhoramentos podem ser enviados sem necessidade de aprovação pelas operadoras ou fabricantes.

O Google Play Services roda as tarefas em segundo plano sem requisitar permissões de usuário ou desabilitar os aplicativos que podem impedir o funcionamento do serviço. Os desenvolvedores também podem integrar o Google Play Services dentro dos apps, que é algo visto com mais frequência no Android 4.4 KitKat. O slogan do 4.4 é “fazer uma incrível experiência do Android para todos”.

Permissões de acesso do Google Play Services
Lista de permissões do Google Play Services

O Google Now, por exemplo, é um excelente utilitário para os usuários do Android, mesmo que só esteja disponível para o Android 4.1 ou superior. O Google Now poderia estar disponível na Google Play, assim como o Gmail ou Google Maps, que não estão atrelados a uma versão específica do sistema. O Google Now está preso à Busca do Google e acessa informações dos outros serviços no Android. Quem sabe não se transforma em um utilitário realmente bom para todos os usuários.

Esperando mudanças mais rápidas

O Google Play Services será o canal do Google para atualizar os apps e manter sua conectividade com os serviços do Google. Além disso, o app vai conectar várias versões diferentes do Android. Será um ótimo jeito do Google aperfeiçoar o Android sem empurrar grandes atualizações.

A solução só funciona com as partes essenciais do Android – atualizações do que a Samsung ou HTC modificam continuarão seguindo o mesmo procedimento com os fabricantes e operadoras. Como o Google Play Services também está disponível para os desenvolvedores, é possível que exista mais interação entre os aplicativos do próprio Google e os apps criados por outras empresas.

Talvez até se torne um requerimento (estar integrado ao Google Play Services) para compartilhar conteúdo pelos apps do Google. O serviço ainda é relativamente novo, mas já que se tornou obrigatório, o Google está muito focado em combater a estigma de possuir um sistema operacional muito fragmentado.

De quais recursos você sente falta no seu celular Android? Comente no espaço abaixo

[Artigo original em inglês]

Carregando comentários