Google remove BitTorrent e uTorrent dos seus filtros antipirataria

Google remove BitTorrent e uTorrent dos seus filtros antipirataria

O Google decidiu trazer de volta os termos BitTorrent e uTorrent às suas sugestões de busca. Algum tempo atrás, os dois populares programas de P2P haviam sido incluídos numa lista antipirataria e eliminados dos resultados sugeridos em buscas no Google.

Leia também:



O BitTorrent venceu a batalha judicial que o acusava de pirataria ao provar que o programa em si não é ilegal. Na verdade, o problema está no uso que alguns usuários fazem do recurso que o BitTorrent (e muitos outros programas peer-to-peer) oferece, realizando a distribuição e o download de conteúdos protegidos por direitos autorais.

A decisão do Google contrasta fortemente com a recente criação da MPAA (Motion Picture Association of America), a associação americana que defende os interesses dos estúdios de cinema. De fato, a MPAA publicou um estudo que revela o papel crucial dos buscadores no download de conteúdo protegidos pelas regras de copyright: 82% das buscas por conteúdos “piratas” são feitas via Google.

Download do BitTorrent e do uTorrent:

Carregando comentários