Google Reader deixa de existir no dia primeiro de julho

Google Reader deixa de existir no dia primeiro de julho

O Google Reader (Android | Online | Windows),  serviço de leitura de feeds do Google, é um “cabra marcado para morrer”. O aplicativo deixará de existir no dia primeiro de julho depois de oito anos na ativa. O serviço permite acompanhar o conteúdo de blogs e sites a partir de uma única interface, parecida à caixa de entrada de um e-mail, sem exigir que você visite várias páginas de internet para ver se há algo novo.

“Lançamos o Google Reader em 2005 em um esforço para permitir que as pessoas descubram conteúdo e acompanhem seus sites favoritos de forma mais fácil. Mesmo que o produto tenha clientes fiéis, a base de usuários vem diminuindo. Por isso é que vamos aposentar o Google Reader.”

A declaração de vice-presidente de Infraestrutura Técnica da empresa, Urs Hölzle, coincide com as famosas “springs of cleaning” do Google, “primaveras de limpeza” para tirar do ar produtos e funcionalidades que não funcionam ou não têm potencial de crescimento.

Quem usa o Google Reader como ferramenta de leitura de notícias não precisa se desesperar. Será possível exportar a sua lista de feeds RSS a outros programas usando o Google Takeout. Além do Google Reader, a companhia também revelou que um total de 70 recursos e serviços serão fechados até o final dessa “auditoria”.

Via Google Reader Blog

Ver todos os comentários
Carregando comentários

Últimos artigos

Apps mais baixados