Qual celular é mais seguro, Android, iPhone ou Windows Phone?

Ao comprar um telefone, ignorar a segurança é um erro. Essa comparação vai mudar a sua atitude. Aqui comparamos os três grandes sistemas móveis para ver qual protege melhor os nossos telefones.

De acordo com uma pesquisa recente, as pessoas preferem avaliar aspectos como a bateria ou o tamanho da tela. Parece que ninguém se importa com a segurança. Não é de se surpreender: a segurança não se vê e não pode ser tocada.

Quão importante é a segurança em um sistema operacional móvel?

Muito. Tente imaginar qualquer uma destas situações, como elas podem ficar estressantes e quanto dinheiro podem fazer você perder em um dia qualquer:

  • O seu telefone foi roubado ou você perdeu na rua
  • Alguém entra no telefone e rouba suas fotos
  • Um vírus entra e rouba seus dados de pagamento
  • O telefone está danificado e você não tem backup

Quando um sistema de celular é mais seguro que outros e a segurança é fácil de usar, é mais difícil que aconteça um dos acidentes citados. O resultado: economia de dinheiro e de aborrecimentos.

Quais sistemas operacionais móveis comparamos

Mais de 95% dos telefones celulares capazes de se conectar à Internet utilizam Android (Google), iOS (Apple) ou Windows Phone (Microsoft). Analisamos as seguintes versões em dispositivos típicos:

  • Android 4.4.4 (KitKat) em Nexus 4
  • iOS 8 em iPhone 5S
  • Windows Phone 8.1 (Update 1) em Lumia 630

Embora o Windows Phone ainda esteja longe dos números de iOS e Android, sua participação de mercado é de 3,6% nos Estados Unidos; por isso que decidimos incluir na comparação.

Qual sistema tem menos vírus ou aplicativos perigosos?

60% dos malware atacam o Android. Sendo o sistema mais utilizado, é também o alvo favorito dos hackers. Os vírus não atacam o Android desde o Google Play, que é muito seguro, mas por meio de black markets (lojas piratas). Não são conhecidos vírus para iOS e Windows Phone.

O vírus como o Android Defender, um app falso que sequestrava telefones, não existe no iOS ou Windows Phone por uma razão muito simples: só o Android permite instalar apps fora do Play. Para este último não faltam aplicativos enganosos, programas que parecem oficiais ou legítimos que, na verdade, contêm vírus ou spam.

Com a borda verde, o jogo oficial; com a vermelha, o jogo com o vírus, pedindo mais permissõe(fonte: F-Secure)

O iPhone, por outro lado, graças ao seu rígido controle de aplicativos e o fato de não poder instalar fora do App Store, torna quase impossível a entrada de vírus e aplicativos enganosos. A situação de Windows Phone é muito semelhante, embora a sua loja esteja cheia de aplicativos falsos que só agora a Microsoft está limpando.

O IOS ganha pelo seu controle de qualidade e segurança dos aplicativos

Qual é mais fácil de recuperar, se meu telefone for perdido ou roubado?

Os três sistemas possuem aplicativos anti-roubo: Find my iPhone (iOS), Device Manager (Android) e Find my Phone (Windows Phone). Estes são os aplicativos que permitem que você localize o seu dispositivo remotamente e envie comandos básicos, tais como a eliminação de dados ou o envio de um alarme. Somente o Windows Phone envia comandos via SMS ou através de dados.

Os apps anti-roubo do Android, iOS e Windows Phone

O iOS tem o bloqueio da ativação, que requer que o usuário introduza os dados da conta Apple no momento que a perda do telefone é informada. Esta característica fez com que a taxa de roubo do iPhone caísse. A Microsoft está trabalhando para adicionar o bloqueio da ativação no Windows Phone.

Android permite bloquear o telefone com uma mensagem e um número de telefone

O Android já tem um bloqueio com senha semelhante ao da Apple, com a opção de adicionar um número de telefone para quem encontrar o dispositivo. Você também pode bloquear ou apagar dispositivos de amigos (que o iOS também permite). Os telefones Samsung têm opções adicionais, mas apenas em alguns modelos.

E se quem rouba o celular quer acessar seus dados? Nesse caso, só o iPhone tem criptografia de dados completa: no Android é opcional e no Windows Phone não se aplica para o cartão de memória. Isso significa que só o iOS garante a proteção de dados em caso de roubo ou perda.

O iOS desempata pela encriptação dos dados que vem por padrão

Qual é o mais fácil de desbloquear e tem melhor bloqueio?

Diz um relatório da Trend Micro que entre 30 e 60% dos usuários não bloqueiam seu celular. Desbloquear muitas vezes é visto como um incômodo, uma operação que desperdiça valiosos segundos. O sistema de bloqueio ideal deve, portanto, atender a dois requisitos: ser inquebrável e fácil de usar.

O Android tem a maior variedade de sistemas de bloqueio: deslizamento, PIN, senha, padrão e reconhecimento facial. O padrão é talvez o mais fácil de usar e lembrar, e é muito forte. O iPhone, por outro lado, tem proteção por PIN e senha, bem como o Touch ID, o reconhecimento de impressões digitais. O Windows Phone só tem deslizamento e senha.

O Touch ID da Apple em ação (foto cortesia de iPhoneWorld)

Nós achamos que o sistema mais seguro e conveniente é o Touch ID: é quase impossível de quebrar (precisa do dedo do usuário) e o desbloqueio leva uma fração de segundo. Segue de perto o padrão do Android, que apesar de ser robusto, é menos confiável que a impressão digital, especialmente se você tiver definido um desenho fraco.

Ganha o iOS pelo Touch ID, um sistema que ainda não tem rivais

Qual protege melhor os pequenos de casa?

O controle parental tem sido uma questão pendente dos sistemas operacionais móveis. O que preocupa os pais, hoje, é o que uma criança pode fazer com seu telefone ou tablet, desde comprar aplicativos caros sem permissão até acessar dados e fotos que não deveria ver.

O Android carece de controle parental, exceto no Google Play, onde você pode ativar uma senha para fazer compras. O Windows Phone faz muito mais, porque a opção My Family define que tipo de aplicativos as crianças podem baixar e seu custo. É limitado ao controle da instalação de aplicativos, e é configurado a partir do browser.

O My Family (Windows Phone) permite controlar a compra e a instalação de apps

O iOS 8 é aquele que tem mais opções. Em seu menu de Restrições permite desativar aplicativos do sistema (como o navegador) e limitar as opções que podem ser alteradas. Com o  Family Sharing é possível controlar os gastos (a criança deve solicitar permissão para comprar apps). O mais espetacular de todo? O Find My Friends, que coloca amigos e familiares no mapa.

Com o Find My Friends (iOS) você pode localizar familiares e amigos no mapa

Se eu tivesse que escolher um sistema pela qualidade dos controles parentais, a mera possibilidade de rastrear a minha família no mapa me faria escolher claramente o iPhone. Em sua oitava versão, o sistema da Apple é projetado para facilitar a vida de quem tem uma família e deseja proteger sua segurança.

Ganha o iOS 8 pelos seus controles parentais e pelo Find My Friends

Quem melhor protege os dados caso sejam excluídos?

Depois de fazer um reset ou trocar de telefone, o que é restaurado? O sistema faz o backup de dados e aplicativos? O backup na nuvem é um aspecto a ter em mente na escolha de um ou outro sistema.

No Windows Phone podem ser ativados cópias de segurança na nuvem de aplicativos, fotos e mensagens de texto. O espaço gratuito disponível é de 18 gigabytes, e Windows Phone lembra você de fazer backups com regularidade. Finalmente, os backups podem ser gerenciados (suprimidos) do mesmo telefone.

O sistema de cópia de segurança na nuvem do Windows Phone usa o OneDrive

O Android usa uma abordagem diferente. As configurações e senhas por padrão são armazenadas na nuvem, mas fotos, vídeos e documentos são armazenados em espaços separados e opcionais, como o Google Drive ou Google+. Um Android sem esses aplicativos e sem conta do Google não terá backup na nuvem.

O iOS armazena todos os tipos de dados na nuvem do iCloud, mas o espaço gratuito disponível é de apenas 5 gigabytes. Em comparação com os 18 gigabytes que a Microsoft fornece através do OneDrive (15 grátis e outros 3 ativando o upload de fotos) parecem poucos.

Ganha o Windows Phone por ter mais espaço e pela simplicidade da configuração

Conclusão: o mais seguro de todos é o iOS

O terceiro lugar vai para o Android, que obriga você a tomar mais decisões e tem um quadro de segurança menos consistente, onde os fabricantes podem adicionar seus próprios bloqueios e podem ser instalados apps externos. O segundo lugar vai para o Windows Phone, muito robusto e com excelente backup, mas ainda incompleto.

Como comentamos no comparativo anterior, a segurança que não é intuitiva é inútil. O iPhone é o primeiro colocado, que sabe como combinar segurança com facilidade de uso. Requer pouca configuração e recursos como o Touch ID ou Find My Friends o tornam insuperável. A versão 8 do iOS melhora ainda mais esses recursos.

Em síntese: se você não quer pensar muito sobre sua segurança, escolha o iOS ou o Windows Phone. Por outro lado, se preferir instalar aplicativos de terceiros e que não sejam da loja oficial, ou se você preferir que a sua segurança seja administrada através de apps não oficiais, o Android é uma escolha adequada, mas mais perigosa: é o preço a pagar por uma maior liberdade.

Qual sistema você acha mais seguro?

[Artigo original em espanhol]

Carregando comentários