Anúncio

Notícias

A história de ‘All I want for Christmas is you’, o eterno número 1 de Mariah Carey

Você a ouviu cem vezes só hoje

A história de ‘All I want for Christmas is you’, o eterno número 1 de Mariah Carey
Randy Meeks

Randy Meeks

  • Atualizado:

Não é que Mariah Carey fosse pouco conhecida antes de 1994: três anos antes ela havia ganhado dois Grammy, a maioria de seus singles alcançava o número um de forma sistemática e ela havia se tornado nada menos que a voz mais interessante e conhecida dos Estados Unidos. No entanto, tudo estava prestes a explodir graças a um disco de Natal e uma música que ressoaria trinta anos depois: ‘All I want for Christmas is you’.

Spotify Download

A musica de Natal contemporânea

Assim como nossos pais estavam cansados de ‘Noite Feliz’ e ‘Então é Natal’ apesar de cantá-las continuamente, nós podemos fazer o mesmo com Mariah Carey: aborrecer as primeiras notas de ‘All I want for Christmas is you’ e ao mesmo tempo nos empolgarmos com cada refrão. E isso que originalmente era apenas a segunda faixa do álbum ‘Merry Christmas’, lançado em 28 de outubro de 1994 e tinha versões de músicas como ‘Silent night’, ‘O Holy night’ ou ‘Santa Claus is coming to town’.

Mas ninguém se importava com essas canções de Natal: o disco se tornou um verdadeiro sucesso de vendas (mais de 15 milhões de cópias em todo o mundo) graças a ‘All I want for Christmas is you’, que começou a tocar nas rádios em 29 de outubro de 1994. E desde aquele momento se tornou algo tão tradicional quanto o visco, os presentes, o Papai Noel e a neve. Na verdade, atualmente é o décimo single mais vendido de todos os tempos, atrás de músicas como ‘My heart will go on’, de Celine Dion, ou a colaborativa ‘We are the world’.

Era raro que o terceiro álbum de Mariah Carey fosse um álbum de Natal: normalmente, os artistas costumavam fazer um para ganhar dinheiro quando já estavam em decadência. Mas a cantora se envolveu completamente no papel e, no verão de 1994, decorou sua casa com enfeites de Natal para sentir a magia das festas enquanto lá fora fazia um calor infernal. E assim surgiu a magia.

Carey queria fazer uma música retrô no estilo dos anos 60 e levou literalmente 15 minutos para compô-la junto com Walter Afanasieff, seu compositor nos seis primeiros álbuns. O resto é história: Carey, aos 54 anos, continua descongelando-se a cada ano (literalmente) para anunciar a chegada do Natal em 1º de novembro, logo após o Halloween. Já se passaram 29 anos, sim, mas talvez nunca mais vejamos o nascimento de um sucesso natalino contemporâneo como este. Tudo o que eu quero para o Natal é ouvir Mariah Carey.

Spotify Download
Randy Meeks

Randy Meeks

Os mais recentes de Randy Meeks